ATENÇÃO!
A ONG não recebe recursos financeiros de nenhum órgão particular e nem tanto da esfera Municipal, Estadual e Federal.
Os colaboradores são VOLUNTÁRIOS.
NÃO RECOLHEMOS ANIMAIS somente INTERMEDIAMOS adoções.
NÃO mantemos DEPÓSITOS DE ANIMAIS (abrigos e canis)

sábado, 24 de dezembro de 2011

Feliz Natal!
Lembre-se:
A mesma mão amorosa que criou VOCE criou também os animais!
Imagem: Disponível em: < http://petmag.uol.com.br  >
Não coma o Presépio!

Fogos de Artifício
Imagem: Disponível em: < http://amigosdosanimaisdetatui.blogspot.com  >
Os fogos são responsáveis por acidentes dos mais variados tipos, principalmente com cães.
 Natal, Ano Novo, Copa do Mundo, finais de campeonatos de futebol são ocasiões em que mais animais se perdem de seus donos.
Os animais se assustam facilmente com o barulhos dos fogos e rojões. O pânico desorienta o animal, que tende a correr desesperado e sem destino. Muitos animais podem sofrer paradas cardiorrespiratórias, convulsões e ter diversos problemas que podem os levar à morte.
Para evitar tudo isso, garanta condições mínimas de segurança e evite ambientes conturbados e barulhentos. Tranqüilize seu bichinho, transmitindo a sensação de que tudo está bem e sob controle.
Lembre-se que, se o seu bichinho conseguir fugir, por desespero, ele irá correr por vários e vários quilômetros. É MUITO IMPORTANTE deixar o animal com uma coleira com um telefone de contato. Se alguém conseguir resgatar seu bichinho, você poderá ser contatado. Utilize uma plaqueta de metal ou de plástico, com uma escrita que não saia se molhar. Etiquetas de papel escritas à caneta além de rasgar com facilidade ficam ilegíveis quando molhadas.
Fugas, perdidos eles podem ser atropelados ou mesmo provocar acidentes.
Mortes, enforcando-se na própria coleira quando não conseguem rompê-la para fugir, ou mesmo ao tentarem passar por vãos pequenos. atirando-se de janelas, atravessando portas de vidro, batendo a cabeça contra paredes ou grades.
Ferimentos, quando atingido ou quando abocanham rojão achando que é algum objeto para brincar.
Traumas Emocionais, resultando na mudanças de temperamento para agressividade.
Ataques contra os próprios donos e outras pessoas.
Brigas com outros animais com os quais convivem inclusive.
Mutilações, no desespero de fugir atravessando grades e portões.
Convulsões (ataques epileptiformes).
Morte e alteração do ciclo reprodutor dos animais da fauna silvestre.
Afogamento em piscinas.
Quedas de andares e alturas superiores.
Aprisionamento indesejado em lugares de difícil acesso na tentativa de se protegerem.
Paradas cardiorrespiratórias etc..
Acomode os animais dentro de casa, em lugar onde possam se sentir em segurança, com iluminação suave e se possível um radio ligado com música.
Fechar portas e janelas para evitar fugas e acidentes fatais.
Para abafar o som, coloque cobertores pesados ou mesmo um colchão tampando a janela. Pode forrar o chão com cobertor e cobrir o bichinho com um edredom.
Forneça alimentos leves, pois distúrbios digestivos provocados pelo pânico podem matar (torção de estômago, por exemplo).
Procure um veterinário para sedar os animais no caso de não poder colocá-los para dentro de casa. Animais acorrentados acabam se enforcando em função do pânico.
Alguns veterinários aconselham o uso de tampões de algodão nos ouvidos que podem ser colocados minutos antes e tirados logo após os fogos.
Observações Cães
Não deixe muitos cães juntos, pois, excitados pelo barulho, brigam até a morte. Tente deixá-los em quartos separados.
Antes da queima de fogos, leve seu animal para perto da tv ou de um aparelho de som e aumente aos poucos o volume de tal forma que ele se distraia e se acostume com um som alto. Assim não ficará tão assustado com o barulho intenso e inesperado dos fogos.
Observações Gatos
Escolha um quarto da casa que tenha uma cama e um armário e prepare para ser o quarto dos gatos no revellion. Feche os gatos neste quarto a partir dos primeiros rojões e deixe-os lá. Deixá-los soltos aumenta o medo, a correria e o desespero, e eles acabam se enfiando em lugares como embaixo da máquina de lavar e da geladeira;
Para quem mora em casa, com gatos que tem acesso à rua, recolha os gatos antes do pôr-do-sol e feche-os da mesma maneira. Na rua é mais perigoso, pois, quando se assustarem, podem se perder. Além disso, podem ser alvo de maus-tratos.
Forme toquinhas para o gato se esconder, pode ser colocando cobertores ou edredon dentro dos armários, embaixo e em cima da cama.
Água, comida e caixinha de areia devem ficar distribuídos estrategicamente pelo quarto, sempre encostados na parede, para que não sejam derrubados.
Retire qualquer coisa que possa ser derrubada, quebrada ou derramada.
Observações Aves
Cubra as gaiolas de pássaros e cheque cercados de cabras, galinhas etc.
Calmantes naturais também apresentam resultado bastante eficiente para os animais que se assustam com os fogos. As essências abaixo, combinadas, funcionam bem tanto para cães quanto para gatos:
rescue + mimulus + aspen + rock rose + cherry plum 
Mande fazer em qualquer farmácia de manipulação ou homeopática SEM  ÁLCOOL NEM  GLICERINA, e guarde na geladeira (dura todo o vidrinho, apesar de dizerem na farmácia que dura só 2 dias).
Dosagem: 
- Para aves pequenas: 2 gotas da fórmula, 4 vezes ao dia, pode ser colocada no bebedouro; 
- Para aves médias: 4 gotas da fórmula, 4 vezes ao dia, pode ser colocada no bebedouro; 
- Para cães de pequeno e médio porte e gatos: 4 gotas da fórmula, 4 vezes ao dia, diretamente na boquinha; 
- Para cães de grande porte e gigantes: 6 gotas, 4 vezes ao dia, diretamente na boquinha de seu amigão; 
- Para cavalos ou animais de grande porte: 30 gotas, 4 vezes ao dia, no bebedouro.
Para se ter absoluto sucesso no tratamento, é interessante que se tenha continuidade no mesmo, não esquecendo de ministrar as gotinhas regularmente. Aconselha-se a começar o tratamento, pelo menos, 5 dias antes do natal e estendê-lo até o dia 3 de janeiro, já que algumas pessoas insistem em prolongar a barulheira!
EM PAÍSES DA EUROPA SÓ É PERMITIDO SOLTAR FOGOS EM ÁREAS PREVIAMENTE ESTABELECIDAS PARA NÃO PREJUDICAR A FAUNA.
PREVENIR É O IDEAL, POIS SÃO POUCOS OS VETERINÁRIOS DISPONÍVEIS NO PRIMEIRO DIA DO ANO.
Fontes: Fala Bicho Renad ; Clarissa Niciporciukas

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Dia 24 de Dezembro
Feira de doação de animais
Horário: das 15h às 17h
Local: Praça Intendente Francisco José Pereira (em frente a Igreja Matriz de São José)
Imagem: Disponível em: <http://www.arcabrasil.org.br> Observação:  foto meramente ilustrativa: não são esses cães disponíveis p/ adoção
Colabore
A D O T E!
Feliz Natal!
O antes e o depois da violência
As cenas abaixo são fortes, porém reais.
Um "ser humano" fez essa crueldade com o cão (foto abaixo) que ganhou o nome de...
Imagens: GAN - SJNorte - RS: cão vítima de violência e crueldade na Praia do Mar Grosso
BAITO!
SOBREVIVEUcrueldade e violência e ganhou um nome. 
Ele é um cão muito amoroso e faz tudo o que um cão adora fazer e que, muitas vezes, nos irritamos: adora correr atrás de carro e de motos.  
Foi salvo, mas esta em perigo e precisa de alguém que o ADOTE, urgente!
A única exigência para adotá-lo é que o candidato à adoção tenha muito amor e carinho para dar e um pátio para abrigá-lo e mantê-lo seguro.
Imagem: GAN-SJNorte- RS: Cão recuperado da crueldade
Ajude a encontrar um lar para o Baito.
A D O T E!

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Dia 17 de Dezembro 
Dia de São Lázaro (Protetor dos cães)
 Feira de Doação de Animais Esterilizados
Imagem: Disponível em: < http://setecaminhosdamagia.blogspot.com  > 
A Guarda Nortense Animal (GAN)  juntamente com o Clube Amigos dos Animais estará realizando neste sábado, dia 17 de dezembro das 15 h às18 h, na  Praça Intendente Francisco José Pereira, em frente a Igreja Matriz de São José, na cidade de São José do Norte –RS, a Feira de Doação de Animais  Os animais disponibilizados para adoção estão em constante situação de risco de vida, pois são abandonados na Praia do Mar Grosso, local onde ocorre um ciclo de interminável crueldade e horror:  gatos abandonados são mortos pelos cães e os  cães abandonados são envenenados pelos seres  “humanos”.
A médica veterinária Marlene Nascimento, responsável pelo Projeto Vida, salienta que INFELIZMENTE, as pessoas preferem culpar e penalizar os animais abandonados às mazelas de todo tipo de sorte, do que identificar e responsabilizar os “seres humanos” que os abandonou e aqui citamos Platão que diz: “Não existem animais de rua, existem “donos” (homens, seres racionais, que se dizem inteligentes e emocionais) que abandonam seus animais nas ruas.”
Para a veterinária as ONGs devem dedicar seus esforços para as causas do maior e principal problema, relacionado com os animais que é o abandono, consequência da posse irresponsável.
Os moradores da praia juntamente com as ONGs estão se mobilizando para a realização de uma grande Campanha Educativa e de Conscientização contra o Abandono de Animais: A praia é local para turismo e lazer e não para descarte de cães e gatos! Um duplo desrespeito à natureza...
Um dos principais objetivos da Campanha é que os humanos que têm por prática o ABANDONO sejam identificados e enquadrados na Lei Federal 9.605/1998 Contra os Maus Tratos e Abandono de Animais, considerado CRIME AMBIENTAL e sendo assim punidos com multa podendo chegar até R$ 3.000,00 (três mil reais) e ainda, responsabilizados judicialmente pelo crime.
Convidamos a toda comunidade para que se sensibilizem, pois se os animais não forem doados, retornarão para o local de origem (Praia do Mar Grosso), onde moradores estão cuidando desses animais, mas que continuam em risco de morte. A médica veterinária Marlene Nascimento ressalta que as atrocidades contra os animais (vide foto abaixo) ocorrem frequentemente, como o caso de 15 animais saudáveis, esterilizados e  vacinados foram mortos envenenados, de uma só vez.
As ONGs  não recolhem animais e são contra abrigos (canil), pois esses além de um custo muito alto, estimulam o abandono de animais.
Fotos dos animais para adoção e outras informações podem ser encontradas no Blog GAN, acesse:http://gansjnorte.blogspot.com/ 

Colabore: A D O T E!
Foto: Gan: O Sobrevivente. Animal vítima de maus tratos na Praia do Mar Grosso.

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Gatinha castrada
 para adoção



Essa gracinha, mimosa e carinhosa foi abandonada na praia do Mar Grosso
aproximadamente 02 anos de idade.
Você pode ajudar: A D O T E!

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Ser cachorreiro...

Fonte: Disponiível em: <http://vianasbookhistory.blogspot.com/
Disponível em < http://agroensino.blogspot.com/> Acesso em 18 out 2011

Quem é cachorreiro já nasce cachorreiro. É algum gene recessivo e misterioso que aparece numa criança de uma família onde, às vezes, só lá um ou outro gosta de cachorro.
O primeiro sintoma surge cedo, naquele dia em que a criança interrompe a paz de um almoço no lar e faz os pais engasgarem com o insólito pedido:
- “Quero um cachorro!”
Pronto, começou o inferno dos pais e do “minicachorreiro”. É logo levado a uma magnífica loja de brinquedos, podendo escolher o que quiser, desde uma bicicleta até aquele carrinho cheio de luzes e sirenes: - “Quero um cachorro!”
Ganha o carrinho e mais um monte de presentes, para ver se esquece do cachorro. Mas não tem jeito. Ganha tartaruga, jabuti, periquito, canário e até um hamster, mas nada disso satisfaz a ânsia de cachorreiro que já nasce em sua alma numa intensidade que assusta toda a família.
Se der sorte, ganha seu primeiro cachorro. Se não, vai ter mesmo que esperar crescer. Aí, enfim, livre das amarras familiares, começa a mergulhar fundo na criação.
Vem a primeira fêmea, o sufoco do primeiro parto, o acompanhamento dos filhotes, o medo da parvo, da corona e, assustado, resolve:
- Não fico com nenhum! A ninhada cresce, começa a reconhecer o dono, a abanar o rabinho e pronto! A decisão, antes inabalável, sofre o primeiro impacto. Daí a uns dias, a resolução já é outra: - “Não me desfaço das fêmeas; só saem os machos!”
Começou sua longa jornada de cachorreiro através deste mundo-cão. Daí para frente, passa a vida trocando jornais, fazendo vigília ao lado das cadelas que estão para parir ou dando remédio aos filhotes mais fracos.O cachorreiro vai se afastando do mundo dos homens e admite mesmo:
- “Não gosto de gente”...
Programa de cachorreiro é visitar ninhada dos outros... pendurar-se no telefone para conversar com seus amigos cachorreiros... sobre cachorros. Casa de cachorreiro é toda engatilhada, cheia de grades aqui e ali, protegendo portas e janelas. A decoração muitas vezes fica prejudicada com a presença de gaiolas e caixas de transporte na sala e nos quartos. Mas o cachorreiro não está nem aí e, como quem frequenta casa de cachorreiro é cachorreiro também, ninguém liga...
Cônjuge de cachorreiro tem que ser cachorreiro também, ou a união pode sofrer sérios abalos e quando chega aquela hora fatídica, no meio de um bate-boca, em que o outro dá o ultimátum: 
- “Ou os cachorros ou eu”! o cachorreiro certamente vai optar pelos cachorros.
Velhice de cachorreiro é cheia de preocupações: -“...vou morrer, e quem cuida dos meus cachorros”? Resolve, então, não criar mais nada e reza para que todos os seus cães partam antes dele, mas o coração não aguenta e, daqui a pouco, arranja outro filhote para cuidar, estribado na promessa de alguém que garante ficar com o cachorrinho em caso de morte do cachorreiro. 
E, como ser cachorreiro é ‘padecer no Paraíso’, acredito que o bom Deus, na sua infinita misericórdia e eterna sabedoria, já tenha providenciado um céu só para os cachorreiros onde eles, junto com todos os seus cães e amigos possam, enfim, levar uma vida tranquila e cheia de paz. Porém, como muita tranquilidade acaba ficando monótono, logo o cachorreiro fica espiando de longe o mundo dos homens, cheio de saudade, já pensando em voltar para cá e começar tudo de novo...

domingo, 9 de outubro de 2011

Dia 08 de Outubro

Dia Mundia contra a crueldade para com os animais

FONTE: Disponível em: <http://www.wspabrasil.org/>

Vinte milhões de cães são brutalmente mortos a cada ano; ou seja, 38 cães a cada minuto. 

Um dos principais motivos para essa crueldade é o medo da Raiva, porém sacrificar por matança os cães não ajuda a prevenir e conter a doença.

Milhares de animais sofrem crueldades por envenenamento, espancamento,  intoxicação por gás e eletrocutação na intenção de erradicar a doença, porém a pior tragédia é que sua morte não irá prevenir a doença.   
De acordo com estudos científicos e pesquisas da WSPA, apenas a vacinação em massa pode ajudar a proteger os cães e as pessoas contra a RAIVA. 

Mostre para o mundo a que seu cão é vacinado colocando-lhe uma coleira vermelha. 
Coleiras Vermelhassímbolo de VACINAÇÃO e PROTEÇÃO do animal.



terça-feira, 4 de outubro de 2011

4 DE OUTUBRO - DIA DE SÃO FRANCISCO DE ASSIS

FONTE: Disponível em: <http:www.animesuasmensagens.net/orações>
Conheça um pouco mais de São Francisco de Assis
É comemorado em 4 de outubro o dia de São Francisco de Assis, o Protetor dos Animais e Padroeiro da Ecologia.
Nascido na Úmbria (perto de Assis), Itália, em 1182. Filho de um rico comerciante de tecidos, vivia uma vida fútil e de bebedeiras, porém gradativamente foi sentindo desinteresse pela vida mundana.
Em 1207, aos 26 anos, entrou na igreja de São Damião, que estava em ruínas e ao ver a imagem do Cristo, sentiu que Jesus lhe falou: "Francisco, restaura minha casa decadente".  Levado pelo susto foi para a loja do pai, onde vendeu toda a mercadoria para restaurar a igreja; ao ver o que fazia, o pai o deserdou. Francisco tirou suas vestes, entregou-as ao seu pai Pedro e disse-lhe: "Até agora o chamei de pai, mas agora direi com razão: meu pai está no céu, porque Nele depositei minhas esperanças". Em seguida, vestiu uma túnica de algodão e maltrapilho saiu pelo mundo.
Dois anos depois, Francisco, com mais onze companheiros, se tornou um grande pregador, viajando por vários países como Marrocos, Egito e Israel. Assim, nasceu a "Ordem dos Franciscanos". Era comum vê-lo pregar e ao seu redor, vários pássaros e animais se juntavam a ele.
Em 1212, juntamente com Clara, fundou a "Ordem Franciscana das damas pobres". A partir de então, o movimento começou a crescer chegando à Inglaterra e a toda Europa.
Coube a Assis, em 1223, a ideia da criação do Presépio de Natal, uma tradição que permanece viva até hoje.
Em 1224, Francisco estava pregando no MonteAlverne (Apeninos) quando apareceram em seu corpo cicatrizes que correspondiam às cinco chagas do Cristo crucificado, fenômeno este chamado de "estigmatização", e permaneceram até o final da sua vida e teriam sido o motivo do seu enfraquecimento e sofrimento físico. As chagas aumentaram progressivamente por dois anos, levando-o à cegueira, até sua morte em 3 de outubro de 1226.
Ao longo dos séculos, São Francisco foi admirado por seu voto de pobreza, humildade, liberdade religiosa, além da grande bondade com todos os seres vivos, em especial os animais.
Ninguém como ele irmanou-se tanto com o universo: foi irmão do Sol, da água, das estrelas e dos animais. Francisco de Assis foi canonizado em 1228 e seu culto é associado à proteção dos animais. Em 1979, o Papa João Paulo II proclamou-o Santo Patrono dos Ecologistas. Protetor do Universalistas.
FONTE: Disponível em: <http://www.google.com.br/imgres?imgurl=https>


AGRADECIMENTO

FONTE: Disponível em: <http://adaca01.blogspot.com/2011/05/voluntariado.html>


A todos VOLUNTÁRIOS e amigos dos animais
Não destacamos nenhum nome, pois nessa luta todos são importantes e cada um dá o que pode. OBRIGADA!!!


Por você REALMENTE voluntário
que, com tantos compromissos agendados, não ficou indiferente diante de um animal atropelado, sarnento, esfomeado, abandonado.
Por você VOLUNTÁRIO, que teve seu descanso interrompido para socorrer um animal aos gritos.
Por você que desceu ribanceira, correu na chuva, atolou na lama.
Por você VOLUNTÁRIO, que mesmo sem espaço, acolheu mais um animal abandonado e que diante de um gemido de um cão, ou de um gato, não teve seus ouvidos tapados.
Por você que diante de um animal teve compaixão, curou feridas, vacinou, castrou, AMOU.
Por você VOLUNTÁRIO que nunca escondeu a emoção, chorou, sofreu ao lado de um cão e criou mais braços e pernas para alcançar soluções.
É por você VOLUNTÁRIO que o mundo animal tem se tornado “menos pior”.
É por você que inúmeros miaus e aus-aus se espreguiçam ao sol, brincam na grama, abanam a cauda, atendem por um nome.
Através de você VOLUNTÁRIO, da sua ação que muito animais tiveram oportunidade de reabilitação, conseguiram um lar... um brilho de alegria no olhar.
A todos os VOLUNTÁRIOS rendemos nossa singela HOMENAGEM: pelo amor pela dedicação e  CORAGEM!

Deus abençoe toda mão que trabalha pela Divina Criação!

Parabéns a todos REALMENTE VOLUNTÁRIOS!

FONTE: Disponível em: http://conversasdefe.blogspot.com


quarta-feira, 14 de setembro de 2011

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Os 10 Mandamentos de um Protetor


Foto: Disponível em: <http://www.mundodastribos.com/como-montar-uma-ong-de-protecao-animal.html> 
01- Não farás da tua casa um depósito de animais. Darás sim, dignidade para aqueles maltratados e abandonados, mas procurarás acima de tudo um novo lar para eles.

02- Lembrarás de doar os animais que tenham chance de ter um lar; lembrai sempre a finalidade de todo o teu esforço, que é SALVAR O ANIMAL para que este tenha uma vida digna e melhor junto a donos responsáveis.
03- Não ficarás triste quando os animais forem embora para seu novo lar; lembra-te que como uma mãe ou um pai, salvaste uma vida para o mundo, que jamais se esquecerá de ti.


04- Disseminarás a todos que te cercam a POSSE RESPONSÁVEL, mas também CASTRARÁS o maior número de animais que puderes por ser a única solução efetiva para o problema do animal abandonado.


05- Não perderás a tua própria dignidade e individualidade; lembra-te que se não estiveres são, física e mentalmente, não poderás cuidar de ninguém.


06- Não ficarás revoltado contra humanidade, afinal existem muitos voluntários de bom coração como vós, e a maioria das atrocidades são causadas pela ignorância. Cabe a ti ENSINAR!


07- Não esquecerás, de forma alguma, que também és um ser vivo como aqueles a quem tanto te dedicas;  deverás reservar horas de lazer e convívio social só para ti, para que não continuem difamando o bom nome dos Protetores de Animais, confundindo-nos com desajustados sociais.


08- Reacenderá, diariamente, a tua chama de voluntário, aquela que te faz lutar contra todas as adversidades para atingir os objetivos, que causa tanta admiração entre os membros de nossa sociedade.


09- Aproveitarás o dia-a-dia para renovar os teus objetivos, para que os teus meios não se tornem os teus fins, afinal não quereis ser parte do problema, mas sim da solução.

10- Serás feliz aproveitarás o dom Divino de ENTENDER E PROTEGER ESSAS PEQUENAS VIDAS INOCENTES!



terça-feira, 19 de julho de 2011

Não existem animais de rua...
Existem donos que ABANDONAM seus animais nas ruas!
Foto: Sueli Thomazine

Clínica Veterinária de Esterilização

Foto: Enio Lopes de Sá
Projeto Vida
(AGUARDE MAIORES INFORMAÇÕES SOBRE O PROJETO)
Inaugurada dia 18 de junho de 2011
Praia do Mar Grosso - São José do Norte - RS
Supervisão da Médica Veterinária Marlene Nascimento

segunda-feira, 18 de julho de 2011


"Não basta interditar o mal e prescrever o bem. É preciso que o horror ao mal esteja profundamente enraizado no coração do homem."
(LEWIS, C. S.)

Foto: Sueli Thomazine


Gan - Guarda Animal Nortense
Fundada em novembro de 2011
Aqui vamos colocar o histórico 
(em construção)
Foto: Sueli Thomazine

Membros da GAN:

Presidente: Andréa Tarouco
Secretario:
Tesoureiro